Esta é um pouco da minha história...

...vem ouvi-la

O Yoga tornou-se uma forma de estar na Vida, que transformou a vida que tinha até então...

Formei-me em Design de Comunicação e trabalhei durante mais de dez anos nas áreas de publicidade, marketing digital e novas tecnologias. Fui acompanhando e sentindo na pele as mudanças e exigências do mundo moderno. Sentia-me constantemente cansada, sem energia, irritada e muitas vezes frustrada. A rotina desgastava-me e o sentimento era de apenas “nada mais do que um dia atrás do outro”. Em 2015 tive uma proposta profissional que me levou a morar um ano em São Paulo, Brasil, e foi aí que tudo começou a mudar. País de desigualdades profundas que nos levam a questionamentos existenciais profundos também. No meio de tanta pobreza e dificuldade, tinham uma alegria invejável. Como era possível viver assim?

Foi então que quase silenciosamente, o Yoga foi entrando: pela observação, compreensão e aceitação. Era comum falar de Yoga indo para além da parte física, debatendo meditação, a ligação à natureza, o saber viver um dia de cada vez. A contemplação do simples Ser.

...e assim o Yoga foi despertando em mim.

MargaridaGoncalves

De regresso a Lisboa, a primeira coisa que fiz foi inscrever-me para ter aulas de yoga. Mais do que a parte física, eu queria perceber o que era “a Filosofia do Yoga”. Tinha sede de compreender como era possível viver de forma plena, em paz, num mundo tão cheio de adversidades e injustiças.

Experimentei várias aulas e professores até encontrar aquele que é até hoje um dos meus mestres. Li sobre meditação, filosofia, religião. Interessei-me por terapias holísticas. Fiz o Nível I do Curso de Reiki Usui Shiki Ryoho, pelo Instituto de Ciências Integradas. Aos poucos, a minha prática de yoga aprofundava-se. Passei a chama-la de “hora magica” pois parecia-me que o mundo parava e eu apenas me conectava comigo mesma. Do tapete, passou para o dia-a-dia ao tornar consciente como respirava, que postura tinha, que sentimentos tinha e qual a origem desses mesmos sentimentos.

A transformação começou a acontecer quase sem eu dar conta. Foi um processo gradual e muito bonito.
O Yoga trouxe-me vida. De repente, dei por mim desperta, com vontade de aprender mais, a ser mais focada, a perceber o que queria e o que não queria, a saber distinguir o que me fazia bem e mal e a ter confiança necessária para tomar decisões.

Um dia sinto que estava na hora de dar mais um passo nesta caminhada: o de me formar em Professora de Yoga. Certifiquei-me pela Yoga International Alliance com o curso de Hatha Yoga 200h, ministrado pela Prof. Ana Custódio, e cuja formação incidiu muito na vertente de Yogaterapia. Hoje, continuo a ter formação diariamente com o meu Prof. José Rodrigues, no Espaço Prana, espaço que já se tornou um pouco de mim, e vou fazendo pontualmente formações com o Prof. Pedro Kupfer.

Acredito que ao longo da vida somos eternos alunos e professores uns dos outros. Ensino o que aprendo e aprendo muito com o que vou ensinando. A minha partilha não é mais do que vi e experienciei do mundo, de quem se cruzou no meu caminho e despertou algo adormecido em mim. Partilho apenas a minha visão com o intuito de incentivar nos outros a curiosidade, a busca por algo mais, que existe em todos nós.

Sigo como mantra pessoal a frase de Mahatma Gandhi: “sê a mudança que queres ver no mundo”. Sinto que vivemos tempos onde estamos todos muito individualizados, onde muitas vezes, é preciso ser trabalhada a empatia, a tolerância, o espírito comunitário pelo simples gosto de fazer o bem e não para ganhar vantagem em algum momento. Percebi que não é batendo de frente que as coisas mudam (algo que fiz durante anos) mas sim, mudando de dentro para fora. Acredito que a dualidade é precisa para que exista equilíbrio. Que só sabemos o que é doce porque em algum momento já provamos o amargo. Um é necessário para que o outro exista.

Acredito que existe algo superior a nós e a Natureza é a mais pura prova disso. Acho maravilhoso contemplar o pôr do Sol e ver que ele nos deu mais um dia de Vida. Encontro inspiração na música. Gosto de tempos a tempos, colocar uma mochila às costas e ir viajar, de ver e sentir mundos diferentes dos meus. Adoro ler. Moro ao pé de uma mata e passo horas a observar os pássaros. Acredito que já temos caminhos traçados e que tudo acontece por uma razão. Aprendi que a intuição é bússola que nos ensina sempre o caminho do que é melhor para nós.

“Entrego, Confio, Aceito e Agradeço!”
Prof. Hermonógenes

E esta sou eu, alguém que em cada dia, tenta viver mais em contacto com a seu "Eu Interior", respeitando o seu tempo e indo mais no fluxo da vida. Divido o meu tempo entre o Design e o Yoga e é neste ultimo, que sinto um propósito maior. Desmistificar o Yoga. Levá-lo a quem queira recebê-lo e integra-lo em si e com isso perceber que não há misticismo mas sim uma ciência milenar que é o segredo para uma vida plena. Acima de tudo, Yoga é sinónimo de Saúde!

Entendo que o tempo entre o nosso nascimento e a nossa partida é um tempo relativamente curto e passa a uma velocidade feroz, por isso, devemos aproveitá-lo, vivendo de uma forma consciente, saudável e feliz. A mudança é sempre possível e a maior, vem de dentro.

Quando se muda, o mundo muda connosco.
Vamos começar?

WebDesign: Margarida Gonçalves | Fotografia: Sandra Zuzarte
Margarida Gonçalves | Yoga © 2021